Secretaria promove seminário sobre áreas protegidas

LOGO-COR-SEMINÁRIO-ÁREAS-PROTEGIDAS-(2)Estão abertas as inscrições para o I Seminário Áreas Protegidas: Conservação e Biodiversidade, promovido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre (Smam). A atividade está inserida na programação da 23° Semana da Primavera e ocorrerá no dia 26 de setembro, na sede do Ministério Público do Estado, no auditório Mondercil Paulo de Moraes (avenida Aureliano de figueiredo Pinto, 80, – 3° andar).

O evento está sendo organizado pela gestora da Reserva Biológica do Lami José Lutzenberger, bióloga Patrícia Witt, e abordará temas relacionados à conservação, biodiversidade e aspectos legais que envolvem espaços territoriais protegidos.

As inscrições devem ser realizadas através do e-mail reservalami@smam.prefpoa.com.br, informando nome completo, telefone para contato, RG, além de instituição de vínculo acadêmico e ou/ profissional. Informações através do telefone 3258-1314.

Informações: Patrícia Witt

Anúncios

Documento apresenta estudo sobre consumo de transgênicos

n_transgenicos_mt_712995141O Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (NEAD) publicou o documento intitulado “Levantamento e análise de estudos e dados técnicos referentes ao consumo de plantas transgênicas: o caso do NK603”, de autoria do pesquisador Gilles Ferment. O estudo foi realizado com o apoio do Órgão das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

O documento realiza uma análise de estudos e dados técnicos sobre o consumo de plantas transgênicas, com foco no caso do NK603.

“O conjunto de estudos disponível sobre o assunto tende a apontar convergência de elementos científicos que associam o consumo de determinadas plantas transgênicas a sinais de intoxicações crônicas em órgãos chaves e a perturbações endócrinas, principalmente estrogênicas. A participação dos herbicidas Roundup nos processos toxicológicos associados ao consumo de plantas transgênicas tolerantes ao glifosato representa um elemento central na avaliação do risco para a saúde dessas plantas GM, o que deve continuar tendo a atenção das comunidades científica e regulatória.”

Acesse aqui o documento: Levantamento e análise de estudos e dados técnicos referentes ao consumo de plantas transgênicas: o caso do NK603

Agapan debate transgênicos no RS

Agapan debate transgênicosNa próxima segunda-feira (12/8), a Agapan volta a debater a questão dos transgênicos no Rio Grande do Sul. Com a liberação pelo governo do Estado do uso de sementes de milho geneticamente modificados no programa troca-troca, a questão ganhou amplitude e atraiu o foco da atenção pelo perigo que pode representar para o solo gaúcho, assim como para as reservas aquíferas e a saúde da população. “As lavouras transgênicas e o desenvolvimento gaúcho: promessas, resultados e riscos sob a perspectiva do retrocesso ambiental” é o título do debate que acontece no auditório da faculdade de arquitetura da UFRGS, às 19h. A entrada é franca.

Os debatedores são: Leonardo Melgarejo, engenheiro agrônomo e extensionista rural da Emater/RS – Ascar, José Renato Barcelos, advogado pós-graduado em Direito Ambiental Nacional e Internacional, e Júlio Xandro Heck, químico industrial de alimentos e pró-reitor de Pesquisa e Inovações do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Mais informações, na página do evento no Facebook.

 

Agapan Debate

Data: 12 de agosto de 2013

Hora: 19h

Local: Auditório da faculdade de arquitetura da UFRGS – Porto Alegre (RS)