“Brasil – país rico é país sem pobreza”?

Hoje faz um ano que o Governo Federal lançou o slogan “Brasil – país rico é país sem pobreza”.

Infelizmente, ele sintetiza o limitado pensamento de uma administração que tem pautado o crescimento do país unicamente sob a ótica econômica. (Leia também O “S” que falta no PAC)

O que diferencia a Era PT do Período Tucano em nível federal, em síntese, é a intenção de incluir os pobres na distribuição das riquezas do país. Certamente, esse é um ponto positivo que deve ser valorizado. É um avanço. Acredito, inclusive, que essa é a principal vantagem do governo do PT em relação ao PSDB. É isso que faz com que o povo, cansado de ser explorado pela elite econômica desde o período do império, mantenha o PT no poder mesmo diante de tantas acusações de corrupção. Diga-se de passagem, que a corrupção, o desvio e o mau uso de recursos públicos não são uma invenção do atual governo (por atual governo entende-se, aqui, o PT e os partidos aliados). Portanto, o PT prova, ao contrário do que a elite econômica propagava, que administradores oriundos das classes populares têm condições de igualar e até superar, em alguns casos,  essa mesma elite econômica na competência administrativa para governar uma nação. No entanto, esse governo popular, mesmo sendo bem intencionado, perde o foco ao tentar visualizar as riquezas do Brasil e expõe o limite da sua capacidade.

Precisamos avançar, e para isso é necessário um olhar mais amplo que enxergue nas riquezas naturais preservadas do país a verdadeira fonte de riqueza. Se os burocratas tucanos compreendiam a necessidade de haver crescimento econômico e os petistas foram capazes de alavancar esse setor, buscando, junto, maior distribuição de renda, agora é chegada a hora de incluir uma nova política no desenvolvimento do país. Não é aceitável a visão turva de que para crescer economicamente pode-se dar continuidade à velha política, que governa uma nação apenas com os olhos fincados no presente e, quanto muito, em um futuro bem próximo. Se a geração que está no poder conheceu um conceito de sustentabilidade, o qual afirma ser necessário garantir a sobrevivência das gerações futuras, precisamos encontrar novos atores sociais que consigam colocar esse conceito em prática. Afinal, sustentabilidade só no discurso é definida pelo conceito, em inglês, Greenwashing.

País rico é pais sem pobreza e com a natureza preservada.

Em outro artigo de opinião que escrevi – O “S” que falta no PAC – reforço o pensamento no qual percebo que o nosso governo planeja o crescimento apenas do ponto de vista econômico e social. Os dois são necessários, sem dúvida, mas não deveriam estar apartados do conceito de sustentabilidade. Em um próximo governo, feito através de uma nova política, pode-se inclusive dar-se continuidade ao PAC. Porém, ampliando-se a compreensão das necessidades atuais e incluindo as futuras gerações. Dessa forma, seria mais completo criar-se um Programa de Aceleração do Crescimento Sustentável.

Heverton Lacerda/Observatório Ambiental

Anúncios

2 comentários sobre ““Brasil – país rico é país sem pobreza”?

  1. “Portanto, o PT prova que administradores oriundos das classes populares têm condições de igualar e até superar, em alguns casos, essa mesma elite econômica na competência administrativa para governar uma nação”
    … essa frase é o maior erro do seu artigo. Isso é simplesmente mentira.
    Se o país está bem em algum aspecto é por causa de empresários que, a despeito do governo, conseguem ainda produzir com qualidade baixo custo. Tudo que depende do governo está mal feito: educação, pavimentação de estradas, custos portuários, aeroportos, insegurança urbana, sistema de saúde falido, caro e corrupto, corrupção, transposição do rio S Francisco, (não)construção de creches … etc, etc

    • Respeito sua opinião Fernando, que também pode ser facilmente refutada. No entanto, me chamar de mentiroso é falta de educação da sua parte. Afinal, esse é um texto opinativo.

Comente aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s