O Princípio da Precaução

Aqui no blog, já escrevi sobre os riscos que corremos ao consumirmos alimentos transgênicos, os OGMs, que têm suas propriedades genéticas modificadas em laboratórios.

As pesquisas existentes sobre essas experiências não são suficientemente divulgadas para o consumidor final. Nem, tampouco, indicam certezas para a comunidade cientifica em geral. Desta forma, não se sabe ao certo os riscos que a liberação de OGMs pode causar para a saúde e para o meio ambiente, compreendido em sua forma mais ampla.

É por esse motivo que alguns pesquisadores recomendam a adoção do Princípio da Precaução. Mas, afinal o que é esse princípio?

Para esclarecer essa questão, recorri às explicações do cientista José Roberto Goldim, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul:

“O Princípio da Precaução é a garantia contra os riscos potenciais que, de acordo com o estado atual do conhecimento, não podem ser ainda identificados. Este Princípio afirma que a ausência da certeza científica formal, a existência de um risco de um dano sério ou irreversível requer a implementação de medidas que possam prever este dano.”

O texto na íntegra pode ser acessado aqui

Anúncios

Um comentário sobre “O Princípio da Precaução

  1. Pingback: Símbolo dos transgênicos « Observatório Ambiental

Comente aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s